COntatos

Centro de Operações com Tecnologia Digital: Polícia Militar do Paraná dá o Exemplo

Centro de Operações com Tecnologia Digital: Polícia Militar do Paraná dá o Exemplo

Gerenciar um Centro de Operações que utiliza tecnologia analógica pode ser um grande problema nos dias de hoje.

Principalmente se utilizado em áreas críticas como Segurança Pública. É por isso que a Polícia Militar do Paraná dá o exemplo, migrando para o sistema de radiocomunicação digital.

A comunicação nas áreas críticas do serviço público, como as agências de polícia, tem se tornado cada dia mais importante. Manter estas comunicações seguras tornou-se um desafio para estas agências, que se deparam com uma bandidagem cada dia mais ousada e atualizada. Neste sentido, trabalhar com um sistema de  comunicação digital integrado (rádio, telefonia, mensagens, mapas, GPRS e AVL) deixou de ser um algo dispensável e tornou-se uma necessidade.

Novo centro de operações totalmente digital

É o que aconteceu na Polícia Militar da região de Londrina, norte do Paraná, onde o antigo sistema de comunicação entre a central de operações e as equipes de campo era analógico e podia ser facilmente monitorado por criminosos. Além de não haver um dispositivo de integração para o despacho de rádio, com telefonia independente, o sistema analógico não possuía funcionalidades como gravação de conversas ou mapeamento das viaturas.

Este sistema antigo foi substituído por um novo e moderno, utilizando tecnologia digital P25. Além dos rádios, o novo sistema inclui repetidoras e consoles de despacho Pharos. Agora, todo o sistema de rádio, telefonia e mapeamento é integrado nos centros de operações usando as novas consoles, tecnologia Remotatec.

Qualidade de Segurança

Além de impedir a interceptação da comunicação por criminosos, a qualidade do sinal melhorou muito, deixando para trás o chiado, tão comum em rádios analógicos.

*Apresentação da Console Pharos em evento da PM do Paraná

Gerenciamento e Gravação

A tecnologia Remotatec permite gravar todas as comunicações entre centro de operações, viaturas e o telefone 190. As ligações de telefones ou celulares podem ser transmitidas aos rádios das viaturas para o acompanhamento dos policiais em campo. Estas informações são extremamente uteis para investigações ou esclarecimento de dúvidas. Com a console Pharos, é possível extrair relatórios de gravações e de movimentações via AVL/GPS.

Novo sistema digital permite gravação das comunicações e monitoramento das viaturas em tempo real

Mapeamento real

Com a console Pharos, agora é possível acompanhar em tempo real a localização das viaturas. Isso possibilita distribuir melhor as equipes em campo, otimizando e reduzindo o tempo de resposta. Detalhes que fazem muita diferença quando se trata em salvar vidas.

Integração e economia

Com a console Pharos, é possível integrar diferentes protocolos de comunicação, permitindo o operador se comunicar com outros órgãos de segurança, como bombeiros e polícia civil. Esta integração é um dos objetivos do novo Ministério da Segurança Pública, criado para unificar as informações das forças policiais.

São muitas as vantagens de migrar o sistema analógico de radiocomunicação para o digital. É um avanço essencial para melhorar a segurança da população e do próprio agente em campo. Assim como a polícia militar de Londrina e região, espera-se que outras forças policiais sigam o exemplo e coloquem seu sistema de comunicação na vanguarda da segurança e tecnologia.

Compartir:
Fale conosco agora!
E-mail
Telefone